Para onde vai o câmbio?

Atualizado: 12 de abr.

Como sou correspondente de corretoras de câmbio, com muita frequência ouço a pergunta: “você acha que o Dólar vai cair mais?”; “você pensa que o Euro pode subir até o fim do ano?”; dentre outras perguntas do gênero. Quem já me perguntou isso sabe que costumo brincar que minha bola de cristal está no conserto.


Mas afinal, agora em abril de 2022, porque o dólar, o euro e outras moedas perderam tanto valor contra o real? Vou citar dois motivos. Primeiro, durante a pandemia, em 2020 e 2021, o real foi uma das moedas que mais perdeu valor, e agora está de certa forma compensando esse exagero. Em segundo lugar, o investidor estrangeiro voltou a escolher o Brasil como destino de parte dos seus investimentos. Mais do que o equivalente a 60 bilhões de reais entraram no país no primeiro trimestre desde ano. Ou seja, mais dólares aqui, menos eles valem.


Então, o real vai continuar se valorizando? O Boletim Focus do Banco Central, que mostra as expectativas coletadas do mercado, tem apontado um dólar maior para o final de 2022. Mas... com muita frequência as previsões feitas no primeiro semestre, ficam totalmente erradas quando o final do ano chega (economistas passando vergonha).


Há sim motivos para o real continuar se valorizando. Por exemplo: os juros estão bem mais altos por aqui e a bolsa ainda está com a relação preço/lucro abaixo da sua média histórica, favorecendo a continuação da entrada de capital estrangeiro.


Por outro lado é importante lembrar que estamos em ano de eleições, o que pode trazer bastante volatilidade. Lembro bem do estresse que foi 2002 com o medo do mercado com a eleição do Lula para presidente. Se levarmos em consideração a inflação, naquele período tivemos a maior cotação histórica do dólar contra o real (cotação real, não nominal).


Mas... mesmo com minha bola de cristal quebrada, ainda posso lhe auxiliar com o câmbio. Meu primeiro recado, que aliás vale para muita coisa na vida, é: - não deixe para a última hora. Se você terá uma grande despesa em outra moeda e ainda tem muito tempo para isso acontecer, e não quer ficar guardando dinheiro em casa, poderá investir em um fundo cambial e no momento da despesa fazer o resgate. Para ter acesso a esse tipo de fundo, abra sua conta aqui.


Já se você quer comprar papel-moeda pois vai viajar, pode fazer o cadastro e a operação aqui. Se sua cidade não for atendida com entrega gratuita, entre em contato para fecharmos a operação em outra corretora parceira. Eventualmente alguém me pergunta se trabalho com cartão pré-pago. Sim, mas desde que o IOF de cartões pré-pagos se igualou ao de cartões de crédito, ninguém mais quis... IOF do papel-moeda está em 1,1%, já nos cartões de crédito ou pré-pagos é de 6,38%!


Talvez seu problema seja outro e você precise enviar para o exterior uma remessa para pagar os estudos de um filho, investir ou manter um familiar. Ou quem sabe, seja o caso de receber do exterior por um serviço ou produto que você ou sua empresa vendem? Nesse caso, também podemos viabilizar a operação que você precisa apresentando a melhor corretora em cada caso.


Quando o assunto é câmbio, fale conosco.





 

Curta e deixe seu comentário!


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo